Home Arquivo por categoria: "Tecnologia"
POR Rosalves Sudário 2 DIAS ATRÁS
COMPARTILHE

Rosalves Sudário
tecnologia@blogdacomunicacao.com.br

Desde a última semana, vários sites encaminharam avisos aos seus usuários para mudar a senha. O motivo foi a descoberta da falha de segurança Heartbleed, usada por Pinterest, Tumblr, Yahoo, Dropbox, Google, Facebook entre outros serviços que usam o OpenSSL para criptografar seus dados.

Logo da Heartbleed – Crédito: Reprodução

A vulnerabilidade no software foi descoberta por um pesquisador do Google e segundo notícias publicadas no fim de semana, a NSA, agência americana de segurança, denunciada por Edward Snowden por vigiar americanos e estrangeiros na web, sabia da falha e aproveitou a brecha para descobrir dados dos usuários.

Logo depois da divulgação da Heartbleed, um comunicado da organização OpenSSL Project dizendo ter corrigido a falha, mas como o serviço ficou com o “problema” durante dois anos é melhor trocarmos as senhas.

Nos links abaixo você pode verificar se é necessário trocar a senha:

https://github.com/musalbas/heartbleed-masstest/blob/master/top10000.txt

https://filippo.io/Heartbleed/

TAGS: , , , ,

01 COMENTÁRIO
POR Rosalves Sudário 1 SEMANA ATRÁS
COMPARTILHE

Rosalves Sudário
tecnologia@blogdacomunicacao.com.br

Para alguns ainda é cedo para falar de eleições, afinal a campanha eleitoral só é permitida a partir de 6 de julho, mas para quem tem acompanhado jornais, revistas e sites, as “pré-campanhas” já começaram na Internet.

Perfis verdadeiros e falsos (fake), caravanas digitais, oficinas e vários outros recursos estão sendo usados pelos partidos políticos para “treinar” seus militantes na web e para começar a conquistar o voto dos eleitores.

Exemplos de páginas de apoio e críticas a pré-candidatos – Crédito: Folha de S. Paulo

Sobre a propaganda eleitoral na Internet, o site do Tribunal Superior Eleitoral tem a seguinte informação:

A propaganda eleitoral pela internet está autorizada a partir do dia 6 de julho do ano eleitoral. Essa propaganda é permitida nos sites do candidato, do partido ou coligação, com endereços eletrônicos informados à Justiça Eleitoral e hospedados, direta ou indiretamente, em provedor de serviço de internet situado no Brasil.

É proibido na internet qualquer tipo de propaganda eleitoral paga. A propaganda eleitoral não é permitida, ainda que de forma gratuita, em sites de pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, e em sites oficiais ou hospedados por órgãos ou entidades da Administração Pública direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Não há como negar que os candidatos descobriram a web e o poder que ela tem, principalmente devido as manifestações do ano passado. Nos eleitores temos que ficar atentos e ver atuação dos antigos e de novos candidatos aos cargo públicos e a web é uma grande aliada para isso.

TAGS: , ,

01 COMENTÁRIO
POR Rosalves Sudário 2 SEMANAS ATRÁS
COMPARTILHE

Rosalves Sudário
tecnologia@blogdacomunicacao.com.br

No sábado, 29 de março foi comemorado os 10 anos do Arduíno. No Brasil, o Arduino Day 2014 teve 31 eventos para celebrar a data. Acender as luzes da sua casa, abrir o portão da casa, etc., o Arduino pode ser usado para muito mais, mas afinal, o que é isso?

O arduino – Crédito: Reprodução

O Arduino foi criado em 2005, na Itália. A plataforma de hardware e software open source mais barata e simples de usar, com o tempo saiu de uma escola de design que fechou as portas e ganhou o mundo.

Hoje, o Arduino é uma ferramenta que pode ser usado de várias formas sensores, displays, antenas, jaqueta com leds para ciclistas e muito mais. A criação desta plataforma está permitiu que qualquer pessoa possa criar um dispositivo.
Veja mais sobre o Arduino no vídeo abaixo:

Imagem de Amostra do You Tube

TAGS: , ,

01 COMENTÁRIO
POR Colaboradores Especiais 3 SEMANAS ATRÁS
COMPARTILHE

por Renata Falsarella*
convidados@blogdacomunicacao.com.br

Facebook Power Editor é uma ferramenta online disponível para qualquer pessoa/empresa que promova posts e anúncios no Facebook. Para ter acesso a ferramenta você precisa ter instalado o Chrome e basta acessar o seguinte link e clicar em download e as atualizações da sua conta estarão disponíveis.

Agora, você deve estar se perguntando: Por que usar esta ferramenta? O uso da ferramenta é muito aconselhado pelo próprio Facebook e há muitas coisas que você pode fazer que não estão disponíveis no gerenciador de anúncios básico.

A ferramenta é mais avançada, muito simples de usar e te permite gerenciar e monitorar vários anúncios de uma maneira muito mais rápida. Confira algumas vantagens em usar a ferramenta.

O que você pode fazer com o Facebook Power Editor?
• Duplicar:
se você quer testar múltiplos anúncios ou quer implementar a mesma campanha com os mesmos anúncios para uma audiência diferente basta clicar em duplicar.

• Importação em massa: Se você precisa importar ou exportar todos ou um grande número de anúncios para edições, Facebook Power Editor te dá a opção de fazer todas as edições em Excel. Se este é seu caso, a opção de importar anúncios em massa vai salvar a sua vida!

Mobile Targeting: Você quer promover um app? No Facebook Power Editor você tem opções avançadas de escolher apenas usuários de iPhone por exemplo. Ou ainda promover apenas para usuários Android ou iOS e filtrar por sexo, idade e outras opções demográficas.

Posicionamento no Feeds de Notícia: Você pode escolher exatamente onde seu anúncio vai aparecer.

Publicação de Página com Chamada para Ação: você quer promover um link para sua página, para seu blog ou ainda promover a venda de um produto? Você pode optar por inserir um botão com chamada para ação como saiba mais, comprar agora, reservar agora, baixar.

Gostou? Quer aprender como usar o Facebook Power Editor? Fique atento aos artigos do blog porque o próximo artigo eu vou explicar como usar a ferramenta!

* Renata Falsarella, estudante de Marketing na Birkbeck University of London. Trabalha com Marketing Digital para a Kaplan e está há mais de quatro anos em Londres após um intercâmbio de inglês. Adora viajar, arte, moda e claro Marketing Digital, temas que escreve em seu blog Amor Pelas Ruas.

TAGS: , , , ,

0 COMENTÁRIOS
POR Rosalves Sudário 3 SEMANAS ATRÁS
COMPARTILHE

Rosalves Sudário
tecnologia@blogdacomunicacao.com.br

Apesar do sucesso de outras redes sociais como Instragram, Pinterest, Badoo, entre outras, Facebook e Twitter são as redes que dominam. Na semana passada, as duas redes liberam alguns dados do mundo e do Brasil

Crédito: Bits Blog

Twitter

  • 240 milhões de usuários ativos por mês
  • 500 milhões de tweets por dia
  • Mais de 300 bilhões de mensagens ao longo desses oito anos (o Brasil está entre os cinco maiores mercados do Twitter)
  • 64,7% dos usuários no Brasil acessam por dispositivos móveis
  • 70% dos usuários brasileiros usam o Twitter como principal plataforma para buscar informações em tempo real
  • 67% dos brasileiros seguem personalidades e gostam de ver como elas são
  • 70% dos brasileiros gostam de acompanhar o Twitter para checar eventos em tempo real
  • 60% dos usuários usam o Twitter para acompanhar o que está acontecendo na TV e discutir com outras pessoas que também estão acompanhando aquele programa de TV
  • Na final da Copa das Confederações, entre Brasil e Espanha, 18,8 mil tweets foram enviados por minuto 

Facebook

  • No mundo são 700 milhões de acessos diariamente
  • 550 milhões são por celulares ou tablets
  • 12 horas e 13 minutos é o tempo médio que o brasileiro fica por mês na rede
  • 53 milhões de internautas brasileiros acessam o Facebook
  • 30 milhões são por dispositivos móveis
  • usuários que mais acessa a rede está entre os 15 e 24 anos no Brasil
  • 50,6%, são homens e 49,4% dos usuários são mulheres
  • 82% apenas curte fotos

TAGS: , ,

0 COMENTÁRIOS
POR Rosalves Sudário 4 SEMANAS ATRÁS
COMPARTILHE

Rosalves Sudário
tecnologia@blogdacomunicacao.com.br

A web como conhecemos completou 25 anos. Em 12 de março de 1989 foi data adotada como nascimento da “World Wide Web”. Seu criador, o britânico Tim Berners-Lee, para comemorar lançou o site www.webat25.org e em vídeo deixou a seguinte mensagem:

Crédtio: Mylifestyle

“Os bilhões de usuários da web a fizeram grande. Espero que muitos deles se juntem a mim hoje em celebração a esta data. Eu também espero que esta data detone uma conversação global sobre nossa necessidade de defender os princípios que a tem feito bem sucedida e destravar o potencial da rede. Acredito que podemos construir uma rede que verdadeiramente seja para todos: que seja acessível para todos, de qualquer dispositivo, e que permita a todos nós ativar nossa dignidade, direitos e potencial como humanos. Fale sobre seu sonho para a web com #web25″.

Príncípios?

Sim. No ano de 2011, a Organização das Nações Unidas lançou os dez princípios da internet:

1) Universalidade e Igualdade: Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos, que devem ser respeitados, protegidos e cumpridos no ambiente online.

2) Direitos e Justiça Social: A internet é um espaço para a promoção, proteção e cumprimento dos direitos humanos e também da promoção de justiça social. Cada indivíduo tem o dever de respeitar os direitos humanos de todos os outros no ambiente online.

3) Acessibilidade: Todos os indivíduos têm igual direito de acesso e utilização a uma internet segura e aberta.

4) Expressão e Associação: Todos os indivíduos têm o direito de procurar, receber e difundir informação livremente na internet sem censura ou outras interferências. Todos os indivíduos têm também o direito de se associar livremente, seja para fins sociais, políticos, culturais ou outros, na e através da internet.

5) Privacidade e Proteção de Dados: Todos os indivíduos têm o direito à privacidade online, incluindo a liberdade de vigilância, o direito de usar criptografia e o direito ao anonimato online. Todos os indivíduos têm também o direito à proteção de dados, incluindo o controle sobre colecção, retenção, transformação, eliminação e divulgação de dados pessoais.

6) A Vida, Liberdade e Segurança: O direito à vida, à liberdade e à segurança na internet devem ser respeitados, protegidos e cumpridos. No ambiente online estes direitos não devem ser desrespeitados, ou utilizados para violar outros direitos.

7) Diversidade: A diversidade cultural e linguística na internet deve ser promovida; técnicas e políticas inovadoras devem ser incentivadas para facilitar a pluralidade de expressão.

8) Rede de Igualdade: Todos os indivíduos devem ter acesso universal e aberto ao conteúdo da internet, livre de priorização discriminatória, de filtragem ou controle de tráfego por motivos comerciais, políticos ou outros.

9) Normas e Regulamentos: A arquitetura da internet, os sistemas de comunicação e o formato de documentos e dados devem ser baseados em padrões abertos que garantem a completa interoperabilidade, a inclusão e a igualdade de oportunidades para todos.

10) Governança: Os direitos humanos e a justiça social devem formar as bases legais e normativas sobre as quais a internet funciona e é governada. Isto deve acontecer de forma transparente e multilateral, baseada nos princípios de abertura, participação inclusiva e de responsabilização.

Outras vezes, já escrevi aqui sobre o Marco Civil da Internet. Por que? A internet que conhecemos pode deixar de existir e a “liberdade” que temos que proporcionou tantas mudanças na nossa sociedade, nos últimos anos, pode acabar. Temos que defender os princípios da internet, principalmente a neutralidade da rede.

Juntos podemos fazer a diferença.

TAGS: , ,

0 COMENTÁRIOS

O voto deve ser obrigatório no Brasil?
 
 
 
Powered by Hotcourses Brasil
 
ApostasOnline.com: Apostas de futebol nos campeonatos brasileiros e mundiais