POR Natália Christofari 3 ANOS ATRÁS
COMPARTILHE

Relato aqui, duas cenas que me deixam com uma pulga atrás da orelha: será que eles não envelhecerão?

Pra quem anda de ônibus presencia cenas desagradáveis de agressão verbal e até física quando se trata de ceder o lugar para quem tem o devido direito. Se antes as cadeiras da frente do transporte coletivo já eram disputadas entre os mais jovens, imagina como está a disputa com as cadeiras amarelinhas na parte traseira?

Para quem não tem o costume de utilizar o transporte coletivo, vai uma explicação sobre as amarelinhas. A campanha da Prefeitura de Belo Horizonte: Cartão Master, dá direito aos usuários com 65 anos ou mais, a ter acesso à parte traseira do transporte coletivo. E, para que os demais usuários reconheçam o lugar reservado, além da famosa placa de identificação, estes lugares contêm a cor amarela.

Cadeiras amarelas: lugares reservados, na parte traseira do ônibus em BH. Crédito: BHTRANS

Há alguns meses presenciei duas situações no mesmo dia. A primeira foi com uma senhora de aproximadamente 40 anos – ao se sentar em uma dessas cadeiras reservadas, ela questionou: agora esse assento é para eles também? Daqui a pouco o ônibus inteiro será para eles. No final da tarde, outra cena muito parecida, mas, o pior, porque foi com um senhor que deveria ter entre 50 e 55 anos – Será que ele terá essa mesma mentalidade daqui a 15 anos?

Diante dessas duas cenas, pensei em perguntá-los: será que continuarão com suas idades? Não percebem que nossa população está envelhecendo e junto com ela, nós? Mas, para não criar atritos, engoli meu pensamento a seco e tentei não escutar mais nenhuma palavra.

Mas já tive um dia de gloria. Ao voltar para casa, fui surpreendida ao encontrar os quatro assentos vazios. Mas, me questionei. O horário facilitava que os bancos ficassem vazios e, se fosse em horário de pico? Talvez, a situação seria outra e, pior, e se entrasse um idoso? Alguém daria seu lugar?

Ainda não tive o prazer de ver um cidadão mais novo cedendo seu lugar. Mesmo porque no dia em que vi, eu fui a primeira a levantar. As duas mulheres que estavam no assento reservado fingiram não ver a senhora passando a roleta.

Abaixo segue parte da Lei Federal – Estatuto do Idoso, de 2003 – Compartilhe essa ideia e faça diferença. Amanhã poderá ser você!

Mas, lembre-se, o assento reservado não é apenas para os idosos, ele é valido para gestantes, deficientes físicos, obesos e mães com crianças no colo.

Assentos reservados no ônibus. Crédito: divulgação

Legislação

De acordo com a Lei Federal 10.741/2003 – Estatuto do Idoso / Capítulo X Do Transporte:

Art. 39. Aos maiores de 65 (sessenta e cinco) anos fica assegurada a gratuidade dos transportes coletivos públicos urbanos e semi-urbanos, exceto nos serviços seletivos e especiais, quando prestados paralelamente aos serviços regulares.

§ 1o Para ter acesso à gratuidade, basta que o idoso apresente qualquer documento pessoal que faça prova de sua idade.

§ 2o Nos veículos de transporte coletivo de que trata este artigo, serão reservados 10% (dez por cento) dos assentos para os idosos, devidamente identificados com a placa de reservado preferencialmente para idosos.

Fonte:

BHTRANS:  www.bhtrans.pbh.gov.br

Estatuto do Idoso: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/estatuto_idoso.pdf

TAGS: , , , , ,

46
COMENTÁRIOS
MAIS SOBRE Natália Christofari
Jornalista, pós-graduanda em Comunicação Organizacional e assessora de comunicação institucional em Beagá. Curiosa moradora feliz desta cidade que surpreende a cada dia. Sorridente e séria, como diz um conhecido em gestão de pessoas. Sou esperançosa do futuro e motivada pela grandeza deste mundo. Ah, viciada em chocolate (rs). Muito prazer!
CONFIRA TODOS OS POSTS DO AUTOR
  • Pingback: Tweets that mention O ASSENTO RESERVADO « Blog da Comunicação -- Topsy.com

  • http://www.gabi.blog.br Gabriela Pagliuca

    Em São Paulo já é bem comum essas cadeiras reservadas há anos e até hoje tem gente que não faz questão de ceder o lugar para essas pessoas, o povo finge que tá dormindo, vira a cara, fica lendo revista com a cara pra baixo. É uma palhaçada. Já vi inúmeras vezes o próprio cobrador pedindo para a pessoa levantar. Já vi também gente reclamar, mas a vergonha é tanta que elas resolvem fazer mesmo contra a vontade, para não piorar a situação.

    Estou morando em Madri desde janeiro e aqui não temos problema de lotação no autobus, mas vez ou outra o metro está cheio e eu não vejo ninguém fazendo esforço nenhum para dar lugar a um idoso – que aqui é em grande quantidade – ou uma gestante, ou um deficiente…

    Se bem que aqui no meu prédio tem vários velhinhos que, quando eu ofereço ajuda, a maioria das vezes dizem que não precisa. Eles são muito fofos e ativos. Mas eu fico pensando que poderia ser minha avó, não consigo ficar sem fazer nada.

    Eles parecem não se importar muito com isso, nem meus vizinhos, nem os velhinhos do metrô. Mas não custa nada levantar como quem nada quer e deixar espaço para, se quiser, ele/a sentar.

  • Guilherme Freitas

    Natália, ainda há muita intolerância e desrespeito por parte da sociedade para com os idosos. Já vi muitos casos aqui em São Paulo em ônibus e metrô, com pessoas que não respeitam o espaço alheio. Eu prefiro passar a viagem toda em pé e deixar o assento preferencial vazio. Não são só os idosos que sofrem, já mulher com bebê de colo, grávidas e deficientes que sofrem com o descaso alheio. Um pena.

  • MAXX

    Realmente é bastante polêmico esse assunto. O Problema está além de ceder ou não assentos nos transportes coletivos. Está, sim, no caos que encontra o transporte coletivo no Brasil. Se houvesse assentos a contento para todos não seria problema haver assentos preferenciais, veja bem, PREFENCIAIS e não exclusivos para idosos. O Problema inicia quando não há assentos suficientes nem para os que pagam a passagem que dirá para os que andam gratuitamente. Afinal, quando se paga por um serviço as pessoas querem usufruir dele. Outra questão é que se os idosos não pagam a sua passagem outros pagarão por eles.

  • gengis

    bom, vou de onibus ao trabalho pq é mais rapido e barato, sento nesses lugares amarelos aí ( aqui na minha cidade o esquema é semelhante ), mas por aqui eu e a grande maioria das pessoas sempre nos levantamos e deixamos os idosos/gestantes/mulheres com crianças pequenas/portadores de deficiência sentarem nesses lugares ( e até se esses lugares estão cheios sentarem em outros lugares ), pra falar a verdade, sem querer ser preconceituoso, o pessoal aqui do sul cede o lugar no banco do onibus pra quem é “mais necessitado”, sempre foi assim, só quem não cede o lugar é o povo que vem de partes do país ( partes preguiçosas ) onde não se tem esse costume.

    • ana

      O que você chama de partes preguiçosas? Gostaria que você me esclarecesse isso? Porque já viajei por todo o País e o povo mais mal educado e grosso é justamente o povo do Sul.

      • Sandro

        ANA no mínimo você é nordestino para dizer uma idiotice dessas! Pois vocês do nordeste são as pessoas mais mal educadas, porcas, fedidas e sem cultura que um país pode ter! Só se comparando a muçulmanos do extremo oriente.
        Seu problema é despeito para com o sul, que esta a anos luz de desenvolvimento humano a frente de seu povinho, que só sabe viver da esmola do sul e do sudeste.
        Da mesma forma essa ideia de bancos preferencias só poderia vir de um povo que adora levar vantagem em tudo, como o povo brasileiro.
        Cada um que quer conforto na vida deve fazer por onde e não se aproveitar dos outros para tal, pois aonde alguém leva vantagem outra pessoa é prejudicada…nesse caso NÓS que pagamos a passagem para meia dúzia ter privilégios e mordomias.

        • Tatiana

           nossa seu retardado filho da puta, gente mal educada, fedida tem em qualquer lugar, não só no nordeste não, seu preconceituoso de merda!!!desgraçado, eu sou paulista a qui em SP tem muita gente igualzinho vc descreveu e paulistas…PILHO DA PUTA!

        • Angela

          Na verdade Sandro a boa eduação de dar o lugar vem do bom carate do individo de achar que um dia pode estar em tal situação. Só reforçando q o carater vem de cada individo indiferente de sua regionalidade ou localização Geografica … por se achar o dono da verdade Adolf Hitler foi um dos piores Nazista, e ele estava errado!! As pessoas tem que ter mentalidade para se debater um assunto de forma concreta e coerente. Como pode uma pessoa debater direitos e ofender outras rsrsrs chega a ser contraditorios!!!

        • PRISCILA

          Concordo plenamente com você Sandro! Faço apenas uma observação para as pessoas do nordeste. Apensar de estarem povoando demais São Paulo, tudo que temos hoje em dia, foi conquistado com o suor deles. Porém, não concordo muito com essa lei. Deveria haver mais conscientização, pois um idoso, aposentado que tem o dia inteiro para marcar um médico, por exemplo, não pode fazê-lo no horário de pico onde todos estão correndo para trabalhar. As gestantes deveriam parar de parir por parir e planejar melhor a gravidez para quando tivessem pelo menos condições de criar um filho em situações cômodas. O trem e metrô já são super lotados, quem disse que haveria mais lugar para barriga delas?? Dessas pessoas todas, eu respeito os deficientes, que não pediram para nascer assim e muitas vezes as famílias não tem condições de possuir transporte público. O brasileiro tem essa mania de achar que fazendo caridade ajuda as pessoas. Aqui só querem saber de dar peixe, ensinar a pescar nunca. Talvez seja porque se ensinar o povo a pescar, a pensar, a andar com as próprias pernas, muitas coisas vão mudar, muitos políticos vão cair… quem sabe seríamos potências. Mas não, deixa como estar. Aqui Deus colocou esse povinho…

          • http://profile.yahoo.com/KKFR32ZVFHH7V3ZOJSDMKKTTXU Geyciele

            Vem aqui pra falar merda, é melhor ficar sem digitar nada!  ”As gestantes deveriam parar de parir por parir e planejar melhor a gravidez(…)”
            É, muitas mulheres vão deixar o sonho de ser mãe de lado só para a PRISCILA ter lugar pra sentar no ônibus e metrô. Vai se foder idiota.

          • Pedro

            Leia o comentário o que fiz pro Sandro, serve para você Também, que é muito educada e culta para não dizer o contrário.

          • Michele

            A vai se ferrar sua idiota …

          • Guest

            Hipócrita.. eu duvido que sua mãe ou sua avó quando jovem nunca precisaram pegar ônibus gravida… Meu noivo possui carro, porém eu não posso dirigir com barrigão e ele trabalha no horário em que eu saio do serviço… então você acha que as pessoas com necessidades especiais pegam ônibus cheio só por diversão?…E o idoso, pessoa com criança de colo, deficientes e obesos agora são proibidos de ir e vir só pq você não tem educação para ceder o lugar???

        • Maxx

          Sr Sandro idiotiçe seus comentarios sobre o povo Nordestino, Pois sou agente de viagem formado em turismo, e não existe povo mas acolhedor e Educado que esses povos do Nordeste, mas bem colocado o comentario da Angela logo abaixo…Ja o povo do sul tem nariz pra cima, ninguem melhor do que Eupra saber ja q conheço o País todo “Brasil” e alguns outros países.

        • Pedro

          esmola do sul e do sudeste? kkk nós sobrevivemos do seu dinheiro? meu amigo a maior parte do dinheiro recolhido dos impostos que não são dos estados do sudeste ou do sul vem do Centro oeste, do norte e do nordeste, mas infelizmente as leis desse país beneficiam apenas as pessoas de sua região, como tem mais pessoas aí, o dinheiro vai para aí, o que é injusto, a quantidade obtida de um estado deveria ficar no mesmo, depois algumas pessoas (porque nem todos são assim) enchem a boca para falar mal das outras regiões, mas na verdade estão sendo ignorantes, são essas pessoas que se acham tão cultas, educadas, europeizadas, que ajudam o Brasil a não ir para frente, se por ele o resto do Brasil podia morrer que seria até melhor para a sua imagem (você deve ser assim, esse tipo de pessoa deve ter um pensamento de que quanto mais parecido com a sempre certa Europa, preconceituosa e de 1º mundo, melhor) mas ao agir dessa forma, deveria saber então que aí mesmo o país nunca irá para frente, se ninguém mudar esses hábitos de gente SUBDESENVOLVIDA (que desenvolvida não deve ser, não parece ter a capacidade de raciocínio) de não ligar para seu próximo, companheiro de nacionalidade, mas não é assim que a banda toca, as pessoas são esnobes, chamam as pessoas do país de “povinho” de modo pejorativo, não é Priscila? não é caridade, mas sim a condição física da pessoa quando chegar nessa idade, já se colocou no ludar deles? não é o fato de dar o lugar para quem mais precisa, é educação! nunca fale generalizando, “O povo Brasileiro” porque ninguém é igual! ou vai me dizer que todas as pessoas do sudeste e do sul são perfeitas?sou de Brasilia, trabalho no IBGE e já vi pesquisa de tudo quanto é tipo, e posso lhe garantir que não é só você que acha que deve-se ensinar a pescar e não dar o peixe, mas até chegarmos nesse patamar, que tal um pouco de educação? não doí e não custa nada!

    • carolina

      Olha aqui,do jeito que eu bem conheço essa parte do nojenta,mentirosa,orgulhosa e sem bosta pra cagar,seiq ue vcs não fazem nada disso,se vc tá chamando alguma parte do pais de preguiçosa é pq vc é o primeiro a confirmar minhas palavras á respeito do povo de tua terra,mesquinhos e egoístas.Isso é um problema individual,independente de qual estado estejamos depende de pessoas quererem ou não cederem o que não lhes pertencem,que são os lugares reservados.
      Vai estudar e ser menos egoísta que isso tenho certeza de que vc e seu povo é.

  • José

    Se houvesse transporte público em quantidade e qualidade, cenas como essas relatadas não aconteceriam.

  • http://www.tribalwars.com.br/193337-br30.html Brunno

    E cedo meu lugar seja onde for no ônibus, não por humildade ou qualquer coisa idiota assim. Eu inflo a minha arrogância e meu ego, “cambada de otários, eu tenho a honra de entregar meu lugar” xD Não é bem o certo mas o resultado é o mesmo. Os especiais sentados.

  • Lucas

    Eu acho que todos sabem que o aumento da expectativa de vida é resultado da MELHOR QUALIDADE DE VIDA, todos os direitos e deveres deveriam ser conquistados e atribuidos mediante a informação. Eu tenho 20 anos trabalho e estudo e espero gozar desse privilegio quando me aposentar mas devido ao reconhecimento da existencia dos horarios de pico espero jamais ter que fazer uso do transporte publico em horario de pico

  • Karl

    Eu nao me levanto NUNCA ….
    trabalho dia todo, PAGO MINHA PASSAGEM .
    se quer andar sentado que nao seja em horario de pico ….
    Eu nao levanto…
    e gravidas
    penso que deveriam pensar antes de engravidar de arrumar pelo menos um fusquinha …
    se nao tem dinheiro nem pra comprar um fusquinha que vc acha de ate uns 2 mil reais …
    nao tem grana pra dar o minimo que uma criança precis a ao nascer …
    Gravida que tome vergonha na cara e pense em estabilizar a vida antes de fazer filho ….

    • Cibele Blanco

      Poxa, você exagerou. Tenho uma amiga grávida cujo marido precisa do carro para ir ao trabalho, então ela tem que fazer suas atividades de ônibus. Você não pode julgar as pessoas desse jeito. Além do mais, filhos podem vir mesmo quando não os estamos planejando. Eu tomo pílula (sou casada), mas elas não são 100% seguras ainda e conheço muita gente que engravidou mesmo usando pílula.

      Você foi muito radical no seu comentário, temos que ter respeito mútuo. Você sabe se sua mãe te planejou? Eu sei que a minha não tinha me planejado, mas sempre me amou.

      Abç.

      • Pedro

        Karl, grávidas trabalham também, quer que elas cheguem atrasadas? elas não tem direito de usar o ônibus em horário de pico? agora todo mundo é obrigado a ser rico? pelo visto você também não é, já que anda de ônibus, tenho carro mas vou vende-lo, o ar deste mundo já está poluído demais e não quero ser mais um contribuidor, ando de ônibus pois pelo menos assim ajudo mesmo que um pouco, por ter carro eu também não teria o direito de andar de ônibus? Descobri mais uma pessoa tosca nesse mundo …

    • Felipe Flores

      Cara, que papo é esse? Vai você tomar vergonha na cara, quantos anos você tem? Quando sua mãe estava grávida de você, acharia certo alguém dizer no ônibus pra ela “sua grávida sem-vergonha, ninguém mandou não ter carro”?

      Sua mãe deveria ter pensado antes de parir você, pelo jeito ela não te deu a devida educação.

    • Maria

      a sua mãe deveria ter pensado antes de engravidar e ter vc assim vc teria um fusquinha e não estaria ocupando lugar no ônibus….

  • Jair

    APARABÉNS…sou de BH e concordo com vc,já tive que discutir com um imbessíl que estava na parte da frente uma senhora de uns 80 anos em pé,em hor´rio de pico…mas me senti muito bem.

    Abraço

  • Karl

    insisto se velho quer andar em busu sentado e de graça que faça isso em horario de pico …
    filhos nem sempre tem como ser planejados ENTAO NAO OS TENHA …
    é justamente por essa falta de planejamento que o mundo esta como esta…
    pobre devia ser proibidoooo de ter filhos … pq a maioria sabemos o futuro que irao ter…
    ” pra cada bandido morto , nasce 5″ trecho da carta que bandidos escreveram quando teve aquela serie de atentados no RJ
    concordo com esse trecho e a culpa é justamente desse bando de gente ke pensa ke filho e brinquedo e sai parindo por ai ….

  • thiago venzke martins

    eu acho que ce a pessoa paga a passagem quem tem que decidir de dar o lugar ê ela por que essas pessoas idosas gravidas ou algum outro tipo de problema ja que mandar de mais eles ja tem os bancos reservados na frente e agora atê na parte de tras dos onibus mais mesmo assim quando a pessoa que paga passagem senta no banco que não ê reservado não ce tem ne sussego ja foi colocado as placas de identificação para não ter que esta pedindo tanto no onibus metro e trem o cobrador e motorista não podem insistir e obrigar a pessoa a ceder o lugar ce uma pessoa nbão quiser dar o seu lugar tem outra pessoa que queira dar

  • Jeanine

    Gostaria de saber se sou obrigada por lei a ceder o meu lugar para o idoso, deficiente ou grávidas, obrigada.

  • thiago venzke martins

    respondendo a êssa sua pergunta jeanine claro que não ê obrigado avoce dar o seu lugar voce da ce voce sentir no seu coração ce voce achar que voce deve dar o seu lugar ai voce quise dar o seu lugar voce da ce na sua conciencia voce achar que voce não deve dar ai voce não da atê por que ce voce paga sua passagem a lei não pode obrigar apessoa ce levantar ê um direito dela atê por porque mesmo voce dando o seu lugar voce não tera desconto na sua passagem por exemplo em são paulo os onibus municipais são tres reais e no cartão no seu cartão não vaidar um descontinho de pagar a tarifa a baixo desse valor e nem o cobrador vaidar esse tipo de desconto na sua passagem pagar um pouquinho a menos de tres reais então e isso a decisão e sua pensa na sua vontade de dar o seu lugar ou não da e pense na sua passagem que voce paga só ai ê que voce vai ver ce vale a pena ou não pense nisso

  • Paula Dias

    Galera uma coisa e certa,mas ao mesmo tempo errada, o lugar e PREFERENCIAL, não exclusivo isso ja torna a situção chata,por ser uma coisa incerta. E tem mais, agora na parte da frente de alguns onibus,tem bancos na cor azul, isso significa que qualquer um pode se sentar,mas ninguem sabe disso,pq fazem questão de esconder. Ai ninguem senta pq acha que e preferencial,ou seja vc senta e somente cede o lugar se quiser. Mas vamos combinar tem muita gente idosa e gravida folgada,que chega a te cututucar e dizer vc não vai levantar e me deixar sentar?? Ha isso e demais ne?? Outra coisa gravidas andar de onibus acaba sendo um perigo ainda mais em pé,o negocio e se puder evitar q ande em horario q não tenho pico.

    • Maria

      Mas vc esqueceu de uma coisa, gravidas tambem trabalham e não pode esperar passar um onibus mais vazio e chegar atrasada no serviço

    • Michele

      Gravidas precisam trabalhar vc sabia ????

  • Anahikel

    Caso a pessoa que esteja sentada no assento reservado seja uma pessoa que não se encaixe em nenhuma das placas identificadas,e a mesma não se levante para ceder o lugar,o que posso fazer?

  • Anajuliaalmeidasilva

    estou gravida de sete meses achava no inicio da minha gestação as pessoas não me dava assento porqe achavam ke minha barriga estava peqena mais hoje a minha barriga esta grande e as pessoas figem ke nem me ver :o lha para fora do onibos: fingem ke esta dormino:enessa eu vou em pe para o trabalho e volto atarde em pe,acho ke as pessoas em geral da minha cidade nao tem educaçao

  • Daniel

    Ao nascer eu tive um problema na perna, e até alguns anos atrás, quando tinha condições, dava o lugar sem problema algum. Mas agora que preciso, vejo gente negando sem remorço aqui em SP. É o que mais tem, e na maioria das vezes, gente que não tem necessidade de usar tais bancos. Tem gente que dá o lugar, mas é muito difícil. A maioria finge dormir.

  • Juianegiori

    E em caso de mães com criança no colo, pode utilizar a porta traseira do onibus para entrar em caso de nao tiver vaga nos assentos da frente,ou esteja impossibilitada de entrar pela dianteira? o motorista ou o cobrador pode impedir isso?

  • Eneclaudia

    Que bom que os idosos tem o seu lugar reservado, pena que eles não são educados, ou não sabem como exigir seu direito. Essa maneira da empresa mesclar os assentos (parte dianteira e traseira) preferenciais simplismente aumentou a exigencia do idoso e acompanhado com a falta de educação em exigir que ninguém assente na parte dianteira do ônibus. Os agentes de bordo não são orientados que é 10% de assentos preferênciais e que os mesmos são identificados. preecisa passar essa informação para o agente de bordo da linha 3302A nova pampulha veiculo nº 07195 do dia 11/06/12 às 07:45 hs (hospitais)

  • http://www.facebook.com/joaquim.josedasilva.543 Joaquim José da Silva

    interessante, quem tem 64 anos, 11 meses e 30 dias não tem direito, mesmo que esteja cansado, trabalhado 12 horas no dia …. e ai num passe de mágica, no dia seguinte, aos 65 anos, ele passa a ter o direito !!!

    Acho que deveria haver um bom senso de observar quem está precisando mais do assento.

    Já pensou um onibus lotado, apenas de idosos, e entrar mais 1 …. será que alguém iria se levantar ? Aposto que não …..

    Acho que sairia uma briga onde cada um iria apresentar seu RG e o mais novo seria obrigado a se levantar.

  • fabiana

    Gostei da máteria, pois está na hora de algumas pessoas acordarem pra vida, pois nós também chegaremos um dia a ser idoso, e será que lá na frente essas pessoas que fingem não ver o idoso iria gostar que isso acontecesse com ela. É isso é um caso para as pessoas começarem a prepensar os seus conceitos

  • irma

    Todas as pessoas deveriam ter educação, cortesia, ceder o lugar para quem precisa sem tanto rancor , sem tanto preconceito (de idade, região onde mora)somos um só povo, um só país.

    • Alekao Oliver

      Que mané povo q mané país. Fiquei na fila hoje 30min pra conseguir sentar. Por sorte sobrou um banco reservado. Sentei e veio uma tia de 45 anos alegando que o lugar era dela. A tia tava indo trabalhar. se ela aguenta trabalhar. Tem q aguentar enfrentar o busao lotado tbm. Sre esta doente ou passando mal blz. Mas e se tah indo trabalhar???? E outra idosos pra mim é acima de 60 anos.

  • Pingback: Anônimo

  • Bia

    O que falta então é inserir a palavra “RESERVADO” no aviso das cadeiras amarelinhas. Não temos o direito de cobrar educação dos outros. Mostre a sua.

  • Juliano

    Eu sou deficiente visual e tive que sair para dar lugar para uma senhora de 65 anos porque as senhoras de 30,40 anos não quiseram lhe dar o assento de que era direito. Descaso com todos nós ainda ui em Brasília.

  • Evellyn Renata

    Olá estou montando um projeto, e dentre minhas pesquisas encontrei seu blog, muito interessante mesmo, vim colaborar um pouco com o seu trabalho e dizer a todos que sim temos direito de denunciar, pois os idosos são defendidos por lei e essa ação esta prescrita: LEI No 10.741, DE 1º DE OUTUBRO DE 2003

    TÍTULO I

    Disposições
    Preliminares: Art. 6o Todo cidadão
    tem o dever de comunicar à autoridade competente qualquer forma de violação a
    esta Lei que tenha testemunhado ou de que tenha conhecimento.

    Obrigada pela atenção de todos que leram e por favor pratiquem a cidadania para uma sociedade melhor e mais digna daquilo que nos é fornecido, sei que nao é muito mas nos ajuda no dia-a-dia.

 
 
 
Powered by Hotcourses Brasil
 
ApostasOnline.com: Apostas de futebol nos campeonatos brasileiros e mundiais