POR Marcello Ghigonetto 5 ANOS ATRÁS
COMPARTILHE

Copa do Mundo no Brasil

por Marcello Ghigonetto
turismo@blogdacomunicacao.com.br

Ainda faltam cinco anos, mas que atire a primeira pedra a pessoa que ainda não sonhou ou imaginou como será assistir a uma Copa do Mundo no Brasil. Milhares de coisas passam pela minha cabeça, desde possibilidades profissionais até maneiras de como não se gastar muito dinheiro, pois uma certeza eu já sei, EU VOU ACOMPANHAR algum jogo em São Paulo!

Ok, estou voltando a realidade e sei que ainda tem muita coisa para acontecer, sei também que até lá ainda tudo pode mudar. Mas a boa notícia esta pelo portal lançado pelo Ministério do Turismo a todos que querem saber um pouco mais sobre o que já esta sendo feito e todos os projetos das 12 cidades sede. Basta clicar no www.copa2014.turismo.gov.br e conferir:

São notícias, guia das sedes e muito mais. Vale a pena conferir. Eu estarei por lá. Brasil na Copa? EU APOIO!

TAGS: , ,

7
COMENTÁRIOS
MAIS SOBRE Marcello Ghigonetto
é paulistano de coração e corinthiano de formação. Esse pode ser um pequeno resumo de Tché, apelido pelo qual Marcello gosta de ser chamado. Com 26 anos de idade, é Relações Públicas e Jornalista. Atualmente trabalha com Assessoria de Imprensa. Nas horas livres adora tocar cavaquinho, instrumento pelo qual dedica horas e horas da semana e correr, mas correr pelas ruas. Em seus textos o que prevalece é sempre o humor, seja na saúde, na doença, na alegria ou na tristeza, mas de uma forma inteligente sem exageros e não saindo do tema central. “Com a reestruturação do blog, tenho certeza que vamos desenvolver um excelente trabalho, são novas idéias, nova equipe. O resultado depende da contribuição de cada um. Seja bem vindo” finaliza Marcello “Tché” Ghigonetto.
CONFIRA TODOS OS POSTS DO AUTOR
  • http://www.ocappuccino.blogspot.com Ocappuccino.com

    Todos apoiam, nao interessa o quanto de grana vao desviar, que desviem, mas que seja um belo espetáculo e que a herança da copa se configure em melhores condições de lazer, de transporte, de segurança para todos.

    mateus

  • Henrique

    Precisamos ser entusiastas de nosso país. Como o colega acima afirmou, haverá desvios? haverá desfalques? corrupção? Sim. Infelizmente sim. Não é centrando nossas perspectivas nas fragilidades de caráter de muitos de nossos administradores públicos que cotribuiremos com nosso país. Façamos nossa parte, sendo corretos no dia a dia. O pouco já basta.

    Abraços

  • Guilherme Freitas

    Eu também vou assistir a Copa do Mundo aqui no Brasil, com certeza. Porém, discordo de você Tché e não apoio a Copa aqui. O Brasil ainda não está preparado para sediar um evento como a Copa e a Olimpíada. Devemos cuidar primeiro do país e ter políticos honestos que não vão desviar dinheiro. Mas com certeza assistirei aos jogos aqui. Afinal, Copa do Mundo é Copa do Mundo. Abraço.

  • http://www.flaviodomingues.com.br Flávio Domingues

    O Turismo e a Copa do Mundo
    Por Flávio Domingues
    O Brasil debate os preparativos para a Copa do Mundo de 2014. Exaustivamente, falam no legado que o evento deixará. Bilhões de reais investidos em obras de infraestrutura que auxiliarão na mudança da face do País. A cada dia, através de mecanismos de busca da internet, lemos uma centena de notícias das cidades que receberão as seleções que aqui disputarão o certame esportivo de maior visibilidade do planeta.

    Para se ter uma ideia da repercussão midiática do torneio, na Copa de 2006, colocando em apenas um canal de TV tudo que foi exibido pelas televisões de cada país, atravessaríamos oito anos assistindo programas não repetidos a respeito da passagem do circo futebolístico por paragens germânicas. Só analisando o efeito da mídia já consideraríamos que foi acertada a decisão do governo brasileiro de aceitar o desafio de produzir um dos maiores espetáculos da terra.

    Todavia, nessa massa de notícias diárias, acima aludida, temos a oportunidade de perceber que todo o foco das discussões encontra-se no campo das obras de infraestrutura e da qualificação da mão de obra para receber os quase 1 milhão de turistas que chegarão ao País.

    Obras de infraestrutura são muito importantes, contudo, não se faz turismo sem investir em pesquisas de oferta e demanda; qualificar produtos turísticos; ofertar boa programação turística; sensibilizar a população; ter mecanismos eficazes de informação turística (em vários idiomas); promover os destinos; apoiar a iniciativa privada na comercialização de pacotes, que serão, necessariamente, integrados com as outras cidades-sede, pois as tabelas de jogos fazem os times passar por vários estádios e, por fim, organizar receptivos para os fanáticos por futebol que desembarcarão no País. Sendo assim, o Governo Federal e cada Governo Estadual e Municipal que estiver se preparando para receber a Copa do Mundo deve delinear os investimentos também necessários aos feitios do turismo propriamente dito. Dessa maneira, o Brasil lucrará com o evento tendo o melhor retorno de possível, tanto no legado que se construirá, quanto na imagem que permanecerá na mente dos que aqui vierem e dos impactados pela repercussão do evento.

    Garantidos os investimentos no turismo acima destacados, um dos nossos principais desafios será fazer com que o Recife seja a cidade-sede mais animada de toda Copa do Mundo. Este poderá ser nosso grande diferencial, que deixará como legado a melhor marca que vemos para nossa região – Um povo trabalhador, que está sempre com o sorriso no rosto e que sabe brincar como poucos no planeta. Essa marca poderá ajudar a vender os destinos turísticos que rodeiam o Recife induzindo o desenvolvimento turístico de todo Estado e mesmo dos estados vizinhos. Para nossa sorte, a Copa acontecerá no período junino, quando Caruaru, Recife e Campina Grande, animarão os torcedores em grandes festas. Se isso já seria suficiente para uma excelente programação, devemos lembrar que teremos uma oportunidade ímpar para mostrar todos nossos produtos e, por isso, uma edição especial do Carnaval Multicultural do Recife, com direito a Galo da Madrugada e tudo mais seria muito bem vinda.

    A Copa do Mundo é uma grande vitrine, sendo assim, ainda, poderíamos pensar em apresentações especiais da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, da Batalha dos Guararapes para relembrar o nascimento da pátria, que hoje usa “chuteiras”. Acomodaríamos também a agenda do festival de Garanhuns e demais eventos de inverno que acontecem em várias cidades do interior, encaixando-os com os dias que não têm jogos, complementando a programação turística que fará o torcedor permanecer no Estado o maior tempo possível.

    Com uma programação assim, que – sem bairrismos – só o pernambucano sabe fazer, ficarão pasmados os turistas e jornalistas que aqui estiverem e sagrarão o Recife como o melhor destino na Copa do Mundo de 2014. Isto nos credenciará para receber turistas muitos anos depois do fim do campeonato que, oxalá, será conquistado pelos donos da casa.

    Publicado no Diario de Pernambuco em 12/9/2009

  • http://pautajornalistica.blogspot.com Fernanda

    Marcelo,

    Estou na expectativa tbém…eu quero assistir algum jogo da Copa…NÃO ABRO MÃO DISSO!
    Sediar um evento desse porte, trará muitos benefícios para o Brasil. O Governo do Estado de SP já está com um mega projeto de ampliação das linhas do metrô, CPTM e EMTU. Os paulistanos agradecem pois, o trânsito irá fluir bem melhor.
    Os hotéis já se estruturam para receber os turistas, regiões como a Estação da Luz já tem projeto de reurbanização visual…enfim…
    Espero que o legado da Copa…deixe os brasileiros felizes. Acredito que as obras que estão sendo feitas…irão perdurar por muito tempo…nossa auto-estima vai ficar a mil.
    Parabéns pela postagem.
    Fernanda

  • http://seuluiz.blogspot.com Luiz Antonio Andre

    Acho que é um grande evento em um grande país. A expectativa é grande. Quanto aos desvios temos é que fiscalizar e denunciar. Se for para esperar pelo fim da corrupção, acho que nem o Brasil e nem qualquer país do mundo poderia realizar este evento.

    Abraços

  • Celia Regina Torres

    Na minha opinião o Brasil ainda não está preparado para sediar nenhum evento de grande porte, enquanto não procurar solucionar seus diversos problemas sociais que são muitos. Quem pensa que estes problemas não influenciam,basta olhar diariamente à tudo que está em volta de nós todos os dias.Quem sabe em um futuro muito distante.

O que você prefere: viver numa democracia ou numa ditadura?
 
 
 
Powered by Hotcourses Brasil
 
ApostasOnline.com: Apostas de futebol nos campeonatos brasileiros e mundiais