Governo cobrará imposto sobre juros e dividendos

A Receita Federal do Brasil ainda não divulgou o Cronograma do Imposto de Renda 2020, com o prazo para o contribuinte fazer a declaração de IR 2019. É importante que o contribuinte que se enquadre nas regras de obrigatoriedade para declaração não perca os prazos. De qualquer forma é essencial ir se preparando para evitar que os problemas possam vir a acontecer.

Confira abaixo o calendário do imposto de renda 2020, com o cronograma completo da declaração do IRPF:

  • 20/01/2020 – Serão disponibilizados os programas auxiliares no portal da receita federal, para Carnê Leão 2019 e Ganho de Capital.
  • 23/02/2020 – Será disponibilizado o programa gerador da Declaração do Imposto dobra a Renda de Pessoa Física 2019 (DIRPF 2019) para download no endereço da RFB.
  • 02/03/2020 – Receita começa a receber a declaração da DIRPF.
  • 02/03/2020 – São disponibilizadas as declarações da m-IRPF e pré-preenchida.
  • 28/04/2020 – Fim do prazo de entrega do DIRPF 2020

Quem deve declarar o Imposto de Renda?

Segundo dados da Receita Federal Brasileira, a Tabela Imposto de Renda 2020 deverá ser realizada por todos os cidadãos que se enquadram acima do piso de isenção do IRPF 2020. Confira abaixo quem deve declarar o Imposto de Renda 2020:

  • Quem realizou operações financeiras na bolsa de valores, ou de compra e venda de capital estrangeiro;
  • Quem tem bens (casas, carros, terras, etc) cujo valor de venda totalizem acima de R$300.000,00;
  • Quem teve rendimentos não tributáveis, no ano anterior, cujo valor superasse R$ 40.000,00;
  • Quem teve rendimentos tributáveis durante o ano de 2017, cujo valor superasse a faixa de R$ 28.123,00. Acima dessa faixa, o pagamento de imposto de renda será obrigatório.