Calendário de pagamento de benefício a famílias carentes é divulgado

Calendário de pagamento de benefício a famílias carentes é divulgado

Outro aspecto importante sobre o Bolsa Família é o seu calendário de pagamento, o qual, já foi divulgado e deve ser acompanhado com atenção, para que, nenhuma conta fique atrasada e nenhum erro seja cometido. O calendário Bolsa Família 2022 segue um critério estabelecido pela Caixa. Assim, o pagamento dos benefícios é feito de acordo com o último número Nis, que é o número da carteira de trabalho, que cada pessoa tenha.

Então, deve-se observar com o seu número Nis para poder ir na agência da Caixa Econômica no dia certo retirar o seu benefício e assim, não perder o direito de adquiri-lo. Lembrando ainda que o Calendário para o ano de 2022 já está disponível e pode ser pego em qualquer agência da Caixa, nas prefeituras Municipais e nos postos de atendimento do MDS. Veja Abaixo:

A assistência social de Vassouras no Rio de Janeiro é um serviço público oferecido aos cidadãos pobres ou em situação de vulnerabilidade social. A assistência social disponibiliza um serviço democratizado e voltado ao atendimento de pessoas.

Calendário do Bolsa Família

Para quem estiver antenado na tecnologia, esse calendário pode ser impresso no próprio computador, nesse caso, apenas para quem tiver acesso à internet. Para imprimir o seu calendário, deve-se entrar no site da Caixa e clicar no link do bolsa família, não precisando fazer qualquer cadastro ou fornecer qualquer tipo de informação, basta clicar no ícone e imprimir.

Para quem ainda tiver dúvidas sobre a data do seu benefício, pode-se ligar para os telefones, 0800-726-0207 ou 0800-707-2003 e pedir mais informações para o próprio atendente. E aí, ainda possuem mais alguma dúvida sobre o programa Bolsa Família? Deixem suas questões abaixo, que responderemos com a maior satisfação.

NIS para sacar o Bolsa família

Os dados cadastrais de pessoa, que constam nos Blocos 4 e 5, são tratados em outro sistema CAIXA, o Cadastro NIS, que gere inscrições de PIS, NIS, PASEP e SUS, por exemplo.

Ao incluir uma pessoa na base do Cadastro Único, os dados dos dois blocos mencionados são enviados ao Cadastro NIS, para atribuição de novo NIS ou localização de um já existente, nessa ocasião a pessoa fica atribuindo NIS. Quando a pessoa é alterada em algum campo desses dois blocos, os dados são enviados ao Cadastro NIS, para validação/apropriação dos campos, e então a pessoa fica validando NIS.

Esse processo para os dois estados cadastrais não deve ultrapassar 48 horas. Quando ocorrer esta situação em duas pessoas da mesma família e o grau de parentesco entre elas for CÔNJUGE, verifique se foi utilizada a certidão de casamento como documento para ambos, com mesmo número e data de emissão e a inclusão ocorreu antes de outubro/2013. Em caso positivo, a solução será novo envio dos dados. Isso ocorreu em virtude de inconsistência entre o Cadastro Único e o Cadastro bolsa família, a qual já foi corrigida.

 Quando ocorrer essa situação em duas pessoas da mesma família com outra relação de parentesco, verifique se no campo de documentos houve preenchimento idêntico do mesmo número de RG e data de emissão para as duas pessoas.

Verificar sempre se o CEP que consta no Bloco 1 é condizente com a informação que consta na página dos correios na Internet.

Entenda como funciona o pagamento de impostos para taxistas

Entenda como funciona o pagamento de impostos para taxistas

Os taxistas possuem formas diferentes de contribuir com os impostos. Mais precisamente, com o IPVA. Já que o veículo em questão é utilizado para o trabalho, e por legislação deve receber cobrança diferenciada. Vale lembrar da influência das normas e leis de cada estado, podendo variar a forma como o pagamento de impostos funcionam para os taxistas.

QUAIS IMPOSTOS UM TAXISTA DEVE PAGAR?

Além dos impostos e tributos tradicionais de um veículo, como o IPVA, CRVL, licenciamento, seguro DPVAT e etc., o taxista deve pagar outros impostos.

A boa notícia é que a maioria deles possuí valor fixo, como o licenciamento BA 2022, que tem o mesmo preço para os veículos do estado.

Além desses tributos, outros impostos e taxas devem ser pagos por um taxista, sendo que quando pagas anualmente podem variar o valor. Dentre estas taxas estão:

  • Imposto de Renda;
  • Alvará para funcionamento;
  • Credenciamento em associação de taxistas;
  • Inclusão da EAR (Exerce Atividade Remunerada) na CNH.

DOCUMENTO DE TÁXIS

Um táxi é um veículo comum, a sua característica principal que o difere do restante dos automóveis, é que este é utilizado para fins de trabalho.

No entanto, a base para cálculo do imposto continua sendo a mesma, considerando o valor venal do automóvel. Alguns estados preveem em legislação que os veículos utilizados como táxi não necessitem realizar o pagamento do IPVA. Como em São Paulo e Rio de Janeiro.

Mas, não estão isentos da contribuição do licenciamento RJ 2022 e licenciamento RS 2022. Já que este imposto é importante para a atualizar a documentação do veículo, e deixá-lo apto para a circulação em todo o país.

ISENÇÃO DE IMPOSTOS PARA TAXISTAS EM SP E RJ

Depois das várias manifestações de taxistas contra a proliferação de motoristas de aplicativo, o portal de notícias G1 fez uma comparação entre os gastos com impostos dos taxistas das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Com isso, foi possível entender onde os motoristas de táxi conseguem ser recompensados considerando o aumento das empresas de transporte por aplicativo.

Veja, nessas cidades, quais são os impostos que não são cobrados para os taxistas:

  • IOF;
  • IPI;
  • ICMS;
  • ISS.

Outra vantagem é que para os taxistas as concessionárias concedem até 30% de desconto na compra de um veículo.

Informações que você precisa saber sobre o IPVA

Informações que você precisa saber sobre o IPVA

Proprietários de veículos possuem um compromisso anual extremamente pontual: o IPVA. O pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotivo é obrigatório todos os anos com boleto enviado via Correios. Para ficar com seu veículo regularizado é preciso atentar tanto para a importância da tarifação como outras informações importantes que temos a seguir.

Atrasos no pagamento do IPVA gera multas altas

O pagamento do IPVA é obrigatório se o veículo está classificado na lista dos que devem pagar. Atrasar apenas causam problemas nada agradáveis como apreensão do veículo caso o motorista seja parado em uma blitz.

IPVA SP atrasado (a verificação é feita eletronicamente consultando o documento obrigatório) gera multa e dá direito ao Detran ao reboque. Indo para o depósito o carro, moto ou caminhão só é liberado após o pagamento da multa e taxas de estacionamento no pátio do órgão público.

Caso ao menos da primeira parcela já tenha sido pago do boleto é uma boa dica andar com o comprovante de pagamento ao menos na primeira semana. A compensação bancária demora alguns dias e pode constar ainda no sistema como não pago. Sem comprovação por documento o carro continua correndo o risco de ser apreendido.

O prazo máximo de pagamento do IPVA é de 30 de abril

O boleto chega bem antes na residência do proprietário, mas a data máxima é 30 de abril. A data limite já foi estipulada e é uma forma do motorista se organizar para o pagamento obrigatório.

Mas se por motivos financeiros o imposto não puder ser pago não há problema. Basta se dirigir a uma unidade da Secretaria da Fazenda (Sefaz) de sua cidade e fazer a negociação. O boleto para quitação total do débito ou pagamento parcelado pode ser feito no mesmo dia da negociação e a regularização já volta a existir. O veículo já pode voltar a circular.

Pagando à vista o IPVA tem desconto

O incentivo para pagar o imposto à vista é de 5% de desconto. Caso os donos de carros, motos e outros tipos de veículos queiram pagar à prazo não há problema algum. Pagando a primeira parcela o nome já sai da lista dos inadimplentes e o carro pode circular tranquilamente.

Há outros tipos de desconto em pagamento de IPVA importantes. Variam de acordo com o Estado. No Rio Grande do Sul, por exemplo, motoristas sem multa no ano anterior ganham 5% de desconto. Dois anos sem infrações ganham 10%, somando ainda o desconto de pagamento à vista.

Há muitos casos de isenção de IPVA

Será que seu veículo está na lista dos isentos? Colecionadores de veículos com mais de 30 anos não precisam pagar IPVA, por exemplo. Donos de automóveis adaptados para deficientes físicos também não. Turistas com visto de apenas dois anos em alguns estados também são isentos.

As regras para isenção do IPVA mudam por Estado e podem ser mais amplas e oferecer descontos apenas naquele ano. É importante consultar as da sua cidade até mesmo antes de comprar o veículo para avaliar ainda melhor o gasto no ano seguinte.

Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor

Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor

IPVA 2021 PR – Se você mora no Paraná e possui um veículo, seja moto, carro ou caminhão, é preciso ficar atento aos prazos de pagamento do IPVA 2021 PR, ou Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor. É preciso pagar este imposto a cada ano para que possa circular livremente pela cidade e pelas rodovias. Caso não haja o pagamento do IPVA, circular com o documento irregular poderá resultar na apreensão do veículo e multa, além do proprietário poder pontos na carteira.

IPVA PR

O valor do IPVA 2021 PR pode ser consultado através do site da Secretaria de Fazenda do estado do Paraná. Muitos querem consultar para saber qual o valor total que se tem a pagar em relação ao imposto, que geralmente incide em 6% no valor total do bem móvel, basta digitar o seu número de RENAVAM e o ano de exercício do imposto que deseja consultar. Geralmente, os últimos seis anos ficam contemplados nos portais do Ministério da Fazenda nos estados.

Leia Também:

Consulta e Pagamento IPVA PR

Depois de consultar o valor da fatura, o pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária conveniada ao Detran, diretamente no caixa ou através do auto atendimento eletrônico, sem que precise da ajuda de qualquer funcionário. O pagamento do IPVA 2021 PR pode ser parcelado (em número de vezes decididas por cada federação do Estado), mas quem optar por pagar à vista, ganha um desconto significativo.

Nesse caso, os sites do Ministério da Fazenda de cada estado, inclusive do Paraná (http://www.fazenda.pr.gov.br/), colocam à disposição donos dos veículos automotores uma área para emissão de segunda via de boleto. Ao contrário do que muita gente pensa, o IPVA 2021 PR não vai para fundos de melhorias de estradas e outras questões de trânsito: é possível ver o imposto voltando para outras áreas, como saúde e educação.

Tabela IPVA 2021 PR

A tabela IPVA 2021 PR do estado do Paraná ainda não foi divulgado, mas confira a de 2014 e tire suas dúvidas:

Informações sobre o pagamento do benefício Abono Salarial

Através do calendário PASEP 2021 o trabalhador pode ter as informações sobre o pagamento do benefício. Este programa garante ao usuário uma remuneração extra. Desta forma, através do calendário PASEP 2021 é possível ter a informação sobre o seu recebimento.

Calendário PASEP 2021

O PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, junto com o PIS faz parte do Governo Federal.

Através dele é possível garantir a remuneração extra para os funcionários do setor público (municipal, estadual ou federal). O seu objetivo é integrar a renda de todo trabalhador.

Neste processo o Governo Federal tem parceria com o Banco do Brasil.

Deste modo, o pagamento do trabalhador público é de até um salário mínimo.

Já a diferença entre o PASEP e o PIS é que o primeiro é para o funcionário público enquanto o outro para o funcionário privado.

Quem tem direito ao Calendário PASEP 2021

O PASEP 2021 é destinado para um grupo específico de trabalhadores, deste modo, os benefícios destinam ao:

  • Trabalhadores com pelo menos cadastro ativo de cinco anos no PASEP;
  • O servidor precisa ter recebido no mês o valor máximo de dois salários mínimo;
  • Precisa ter trabalhado com sua CTPS assinada por pelo menos 30 dias no anterior para garantir o benefício do ano seguinte;
  • Os dados precisam ser informados corretamente e entregue pelo empregador no RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Este 14º salário é um meio de complementar a renda pessoal. Além disso, este valor pode ser utilizado conforme necessidade do cidadão.

Calendário PASEP 2021

Assim como o calendário do PIS 2021 é através do o calendário PASEP 2021 beneficiário fica por dentro dos prazos, para o pagamento do seu direito.

Desta forma é preciso estar atento as datas, pois caso o valor não seja resgatado no prazo, o beneficiário perde o direito.

Este pagamento não é acumulativo, portanto, se não houve o saque, no ano seguinte não será possível resgatar o benefício.

Para saber corretamente os prazos, veja a tabela abaixo:

Confira abaixo, o calendário do PIS do ano de 2021, ATUALIZADO:

Data Quem pode sacar
8 de janeiro Mulheres com 62 anos ou mais e homens com 65 anos ou mais
22 de janeiro Pessoas a partir de 60 anos com conta na Caixa e BB
24 de janeiro Pessoas a partir de 60 anos
A qualquer momento Aposentados, idosos com mais de 70 anos e herdeiros de cotistas falecidos

As datas de pagamento do calendário PASEP 2021 são divulgadas pelo Governo e Banco do Brasil. Por meio destas instituições é possível saber quando será feito o pagamento.

Todas estas datas são definidas conforme o número final da sua inscrição no programa. Deste modo cada mês é escolhido um número.

Você pode conferir aqui no artigo as datas e saber sobre o calendário de pagamento.

Valor do PASEP 2021

O PASEP é concedido anualmente, desta forma, este abono salarial 2021 é equivalente ao salário mínimo vigente.

  • O pagamentos do PASEP no período de janeiro e dezembro de 2017 foi de R$ 960,00;
  • O pagamento do PASEP 2021 a partir de janeiro deverá ser 1060,00.
  • Em todo caso se acontecer um aumento do salário, isto será repassado ao PASEP.

Lembrando que o valor é estipulado conforme o salário mínimo atual.

Como fazer o saque do Calendário PASEP 2021

O PASEP deve ser sacado nas agências do Banco do Brasil. Deste modo pode ser feito:

  • No autoatendimento ou pelo atendimento pessoal.
  • Agências dos Correios.

Para receber o benefício é necessário ir em alguns destes pontos, com a seguinte documentação:

  • Documento de identificação com fotos;
  • Cartão do banco do Brasil;
  • Caso não possua cartão pode ir até ao atendimento com carteira de trabalho (CTPS).

Ainda, além dos documentos apresentados acima o usuário também pode optar por outros documentos como:

  • Documento de identificação;
  • Carteira de reservista;
  • Carteira de identidade;
  • Carteira nacional de habilitação.
  • Outro modo de receber o PASEP é pela sua folha de pagamento.

Neste caso esta opção funciona para servidores públicos na qual a empresa possui parceria com o Banco do Brasil.

Para esta condição é preciso que o trabalhador concorde que o pagamento seja incluso na folha de pagamento.

Em todo caso é preciso respeitar as datas do calendário para garantir o benefício.

Não se esqueça de consultar periodicamente o blog para ter mais detalhes.

Diante disso, caso o trabalhador apresentar alguma dúvida sobre o calendário PASEP 2021 basta ir a uma agência do Banco do Brasil com o número do PASEP e documento com foto.

Contas inativas do FGTS dos trabalhadores podem ser sacadas até dezembro

Você já ouviu falar no cartão cidadão da Caixa Econômica Federal? Se ainda não conhece, precisa conhecer esse benefício. O cartão cidadão consiste em um cartão magnético que permite que as pessoas efetuem saques e tenha informações de benefícios trabalhistas que todos os brasileiros têm direito, como o seguro desemprego, rendimentos do PIS e abono salarial.

Qualquer pessoa pode solicitar o cartão cidadão da Caixa Econômica Federal, basta ser cadastrado no PIS/PASEP ou possuir o Número de Inscrição do Trabalhador e ter os dados cadastrais e endereços atualizados e validados pela Caixa Econômica. Porém quem for cadastrado no Calendário Bolsa Família não terá direito, pois possui a mesma função.

Esse cartão cidadão é pessoal e intransferível, você terá que cadastrar uma senha em uma das agências da Caixa Econômica Federal.

Veja o site e informa-se sobre os valores de benefícios sociais.

Como solicitar o cartão cidadão?

Você pode solicitar o seu cartão em qualquer agência da Caixa, estando munido com a Carteira de Habilitação (modelo novo), Carteira de Identidade, CTPS e com a Certidão Civil, ou através do telefone 0800 726 0101, apresentando o número de seu PIS.

Depois de quanto tempo irei receber o meu cartão?

Depois de solicitar você receberá o seu cartão em sua residência em até 15 dias, mas caso não ocorra você deverá ir até uma agência mais próxima. Após receber o seu cartão cidadão, você deverá ir até uma agência da Caixa e cadastrar uma senha para o seu cartão.

Observação: Para fazer o cartão não é preciso pagar nenhuma taxa, ele é totalmente gratuito.

Para que posso usar meu Cartão Cidadão?

  • Para receber, se tiver direito a benefícios dos programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, Bolsa Escola, abono salarial, rendimentos do PIS e também o seguro desemprego.
  • Para consultar extrato e saldo dos recursos FGTS e saldo de quotas do PIS.
  • Para fazer saque da conta vinculada ao FGTS

Para mais informações acesse http://www.caixa.gov.br/fgts/cartao_cidadao.asp.

Quem tem direito ao Vale Gás?

Quem tem direito ao Vale Gás?

O Vale Gás funciona com um pagamento periódico para todos os cadastrados no programa. A assistência é paga em dinheiro e o beneficiário pode comprar onde e quando quiser seu gás. Não existem postos de atendimento cadastrados e únicos para solicitar o benefício.

Até então o programa deve continuar por muitos anos e não há indícios de ser cortado. Mesmo com as mudanças de Governo continua como um dos benefícios mais sólidos do mercado visto a quantidade de gente a qual ajuda.

O benefício é necessário por diversos pontos. Um deles é que o Calendário Bolsa Família 2020 é paga em um valor muito curto, a partir de R$ 39. Esse é um valor inferior ao custo do gás de cozinha, o que deixaria alguns beneficiários sem alimentação por direcionar o dinheiro para o combustível para o preparo dos alimentos.

Como ter direito ao Vale Gás

O primeiro passo para ter direito ao Vale Gás é fazer parte do Cadastro Social do Governo Federal. É o mesmo cadastro do Bolsa Família. Basta procurar a prefeitura de sua cidade ou um dos postos de atendimento do Bolsa Família para se cadastrar.

As regras para ter direito são as mesmas do Bolsa Família. É preciso ter renda familiar mensal de até meio salário mínimo. Os benefícios pagos em conjunto dos projetos sociais não devem somar mais que R$ 180.

O valor do Vale Gás varia de acordo com a composição familiar. Afinal, mais membros da família cozinham mais e consomem mais botijões de gás por mês. Famílias maiores recebem um pouco mais.

O dinheiro do Vale Gás é pago juntamente com o Bolsa Família. O saque então é realizado com o mesmo cartão para ambos em uma casa lotérica ou agência da Caixa Econômica Federal.

15 DE MARÇO DE 2015 TEVE MUITO DE 1964

Não se fala em outra coisa senão na crise política que  aterrizou no Brasil. Milhares de pessoas foram às ruas  no último domingo, 15 de março de 2015, com o propósito de manifestarem suas insatisfações com o atual governo de Dilma Rousseff. Os pedidos para que algo seja feito foram dos mais variados, passam de reforma política à intervenção militar, curiosamente, pois todos lutam pela liberdade de expressão, pela verdadeira democracia, já que houve quem saísse com cartazes alegando que o Brasil não se tornaria uma nova Cuba, pleno de certeza de que com militares no poder a democracia estaria garantida.

As principais queixas giram em torno da economia,reclamam de impostos absurdos, inflação, conta de luz  e gasolina com preços nas alturas, mas claro que não poderia faltar o fator primordial para derrubar um governo: impunidade à corrupção. Derrubar  governo sim, pois o pedido de impeachment da presidenta ecoava a céu aberto pelas ruas, governo com menos de quatro meses de vigência, eleito em votação pública, escolhido pela maioria dentro das vias que a democracia exige e nos contempla. Governo que também, até agora, não abre precedentes para que a presidenta seja deposta do cargo que lhe foi atribuído legitimamente, repito, dentro das vias democráticas.

Que tipo de luta pela democracia, então seria essa? Não estão sendo capazes de respeitar a mesma, mas clamam por ela, enquanto a exercem nas ruas pedindo a volta do regime militar. Um tanto contraditório, no mínimo.

Falta entender que na democracia legítima, não importa o quanto seja incômoda ou contrária às nossas preferencias, particularidades e opiniões, a política estipulada por um governo, nem o quanto estamos nos sentindo lesados pelo mesmo, e principalmente, se o nosso candidato não foi o eleito, nós não podemos sair gritando a plenos pulmões feito crianças birrentas por impeachment ou intervenção militar, como se não soubessem o que estão fazendo e dizendo (no fundo acho que não sabem, visto pelos acontecimentos do dia 15), sem examinar os fatos e a história de um país que passou 21 anos sob repressão, desigualdades sociais gritantes e não se engane, corrupção varrida para debaixo do tapete.

A maioria escolheu o PT  e elegeu Dilma Rousseff, e assim permanecerá pelos próximos quatro anos. Aos descontentes basta conformar-se.

Quando o governo vai contra a minha ou a sua ideologia ele deve ser cobrado, mas de forma relevante, com protesto, mas protestar com embasamento, sabendo o que você quer quando sair às ruas. Quando você souber o que quer, questione o seu querer, porque ele pode ser apenas incapacidade de aceitar as escolhas alheias, e pior ainda, incapacidade de pensar no coletivo.

Esse texto não é defesa ao governo, é defesa ao bom senso, à democracia e à capacidade que eu acredito que todos temos de refletir sobre as coisas que nos cercam. Qualquer pessoa que sonhe com o fim da hierarquia social consegue entender que no Brasil, nunca estivemos tão perto de uma sociedade igualitária, por mais distante que estejamos da igualdade ideal.

15 DE MARÇO DE 2015 TEVE MUITO DE 1964

MÍDIA: É só ligar  a tevê ou ler um jornal que enxurradas de notícias destacando o possível impeachment são despejadas sobre qualquer brasileiro; sem que haja qualquer indício de ilegalidade nas ações de Dilma Rousseff;
MANIFESTANTES: Milhares de pessoas saem às ruas pedindo golpe militar para intervir no atual governo; (como se o golpe fosse intervenção divina);
MÍDIA DE NOVO: Divulga em destaque as milhares de pessoas,que insatisfeitas,pregam a volta do regime militar como alternativa
PARTIDÁRIOS: Pessoas identificadas com vestimentas ou alusão a partidos políticos determinados são hostilizadas e atacadas fisicamente;o que causa confrontos sem destaque importante pela grande mídia (mais uma vez)
IMPEACHMENT/GOLPE: Claro, a acusação: corrupção instalada no governo,pronto já tá tudo preparado para deposição do cargo, até porque tudo isso começou, novamente, com o PT. (ironia,né gente.)

Bolso Cheio

A crise econômica no Brasil aumentou o custo de vida da maioria das pessoas de classe média e baixa. Assim como o leitor, este colunista também sentiu no fim do mês que teria que apertar os cintos se não quisesse ficar no vermelho. O transporte está mais caro, a comida está mais cara, a luz está mais cara, a água está mais cara… Mas, enquanto isso, nas águas calmas em que navegam os políticos, não chegou sequer um movimento no curso que pudesse estremecer suas embarcações.

O dinheiro que banca os partidos políticos brasileiros ficará mais gordo, e você pagará essa conta. Atendendo a pedidos dos parlamentares, o relator do Orçamento do Fundo Partidário, que dá dinheiro aos partidos para as eleições (entre propagandas e custeio), senador Romero Jucá (PMDB-RR), vai alocar em 2015 cerca de R$ 570 milhões para o fundo, destinado a financiar as estruturas partidárias.

É um aumento de 45,2% sobre o que foi destinado no Orçamento de 2014 (R$ 392,4 milhões) e praticamente o dobro dos R$ 289,5 milhões que o valor proposto originalmente pelo governo. Será a maior “turbinada” no Fundo Partidário desde o Orçamento de 2011, quando os parlamentares passaram a complementar os montantes sugeridos pelo Executivo.

Isto significa campanhas mais caras, com mais efeitos pirotécnicos e armação de circo da história na corrida presidencial de 2018. E isto significa mais dinheiro nos bolsos dos políticos, desviados pela corrupção. E também quer dizer que o eleitor será mais uma vez enganado pelas fantasias mostradas dentro das propagandas de rádio e televisão.

O emaranhado de partidos e a relativa facilidade com que se formam partidos políticos faz com que fundar um partido vire um verdadeiro negócio. Assim como fazem alguns dos chamados nanicos (PSDC, PSC, PRTB…), que quase nunca elegem sequer um representante, mas que mesmo assim mantém-se firme, vivendo do dinheiro do Fundo.

Isso é resultado do congresso conservador eleito nas últimas eleições. Não há congresso que recuse tal proposta se não elegermos deputados e senadores com o compromisso de melhorar o país. Fundar e manter um partido virou negócio empresarial, com margens de lucro absurdas.

Alternativa dos que declaram ódio ao PT, Senador Aécio Neves tem os pés bem na lama…

Além de ser citado por Alberto Youssef na Lava Jato, Aécio também é citado no escândalo da antiga empresa de energia Furnas, que teria desviado dinheiro público para campanhas do PSDB entre 1994 e 2001. É necessário que o eleitor fique atento, pois nos emaranhados da corrupção, o PSDB tem tanto pé na lama quanto o PT. Vide o escândalo no cartel dos trens e do metrô paulistano, nas gestões Covas, Serra e Alckmin.

Fim da parceria?

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, disse que o PMDB tem candidato próprio em 2018: Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro. Essa atitude só mostra o que já sabemos de cor: o PMDB cansou da parceria com o PT e agora quer seguir sozinho. Mas engana-se quem acredita nessa história da carochinha. O PMDB esteve e continuará (enquanto deixarmos) ao lado do governo, seja PSDB, PT, PSB etc. Sobre o anúncio, já mostra a péssima qualidade em 2018 de candidatos: Aécio, Paes e Lula não representam em nada os interesses públicos. Pelo contrário, parafraseando com Luciana Genro, são todos “gêmeos siameses”.