POR Guilherme Freitas 3 ANOS ATRÁS
COMPARTILHE

por Guilherme Freitas
meioambiente@blogdacomunicacao.com.br

Esqueça Tóquio, Seul, Nova Déli ou Pequim. A cidade de Cingapura[bb] foi considerada a metrópole mais verde e com maior índice de sustentabilidade no continente pela Economist Intelligence Unit (EIU), companhia do grupo de mídia Economist Group, o mesmo que edita o jornal britânico The Economist. A pesquisa foi encomendada pela gigante de telefonia Siemens e analisou 22 grandes cidades asiáticas em relação à proteção ambiental e climática.

A pesquisa Índice das Cidades Verdes da Ásia (Asian Green City Index) analisa a situação ambiental das maiores metrópoles da região em oito categorias: energia e gás carbônico, uso da terra e edifícios, transportes, resíduos, água, saneamento básico, qualidade do ar e governança ambiental. O objetivo da ação é expandir as infraestruturas sustentáveis nas cidades e melhorar a qualidade de vida. Especialistas em urbanismo e meio ambiente de vários países, além de autoridades do Banco Mundial, participam dessa pesquisa internacional.

Vista do centro comercial de Cingapura – Crédito: Divulgação

O continente asiático está empenhado na causa ambiental. A emissão de gás carbônico na região é menor do que o registrado na Europa. As 22 cidades analisadas também produzem menos resíduos por habitante/ano que Europa (511 kg) e América Latina (465 kg). A média na Ásia é de 375 kg. O ponto mais negativo é no quesito qualidade do ar, bem acima da média de europeus e latino-americanos.

Capital do país com o mesmo nome, Cingapura é uma metrópole de 4,9 milhões de habitantes e está localizada em uma área planejada de 266 hectares -urbanos. É considerada uma das cidades mais limpas do mundo, devido a rígida legislação ambiental. Além de belezas naturais e densas áreas verdes, existem muitos arranha-céus no centro financeiro da cidade. Cingapura é hoje um dos pólos econômicos mais importantes da Ásia, que cresce a cada ano.

TAGS: , , , , ,

01
COMENTÁRIOS
MAIS SOBRE Guilherme Freitas
Nasceu em São Paulo, no dia 5 de fevereiro de 1986, é jornalista formado pela UniFIAMFAAM, pós-graduado em Globalização e Cultura pela FESPSP e mestrando em Estudos Culturais pela USP, apaixonado por esportes, globalização e geopolítica, além de ser vegetariano desde os quatro anos. Trabalhou para as Organização das Nações Unidas em Nova York, é correspondente de imprensa da FINA (Federação Internacional de Natação) no Brasil e jornalista na revista Swim Channel.
CONFIRA TODOS OS POSTS DO AUTOR

O Real Madrid é o melhor time do mundo?
 
 
 
Powered by Hotcourses Brasil
 
ApostasOnline.com: Apostas de futebol nos campeonatos brasileiros e mundiais